segunda-feira, 30 de julho de 2007

0%/1@/2))5

Podemos conviver com lembranças, porque elas não falham! Sempre imutáveis e boas!
Mas podemos lembrar delas sem lembras das pessoas que moram nelas? Um homem pode errar, machucar, magoar, mentir, ferrir e fazer todo tipo de coisas vis.
Mas uma boa lembrança não pode nos fazer nada disso! A não ser que queiramos. Testemunhamos em primeira mão o poder das lembranças! Vemos pessoas matarem por elas, e morrerem defendendo-as. Mas não se pode beijar uma lembrança, você não pode tocá-la ou abraça-la, lembranças não sangram elas não sentem dor, elas não amam.
Tenho medo justamente de que as lembranças se apaguem, quero pô-las em moldura de marmore, pois tenho medo de que elas se apaguem aos poucos!

ass: Dominique New

Nenhum comentário:

Finais são bençãos ambivalentes.